Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Trabalho: Não residentes são 45% da população activa
Segunda, 28/12/2015

O número de trabalhadores não residentes aumentou quase nove por cento em Novembro. No mês passado, Macau tinha 182.246 pessoas a trabalhar com “bluecard”. De acordo com dados da Polícia de Segurança Pública, citados pela Agência Lusa, os trabalhadores recrutados ao exterior sem direito a residência equivalem a 45 por cento da população activa e a 46 por cento da população empregada.

 

No intervalo de um ano, Macau ganhou quase 15 mil trabalhadores não residentes, ou seja, uma média de mais de 40 por dia. Em relação a Outubro, o universo de mão-de-obra importada teve um reforço de 111 pessoas.

 

A China Continental continua a ser a principal fonte de trabalhadores recrutados ao exterior, com 64 por cento do total. A seguir, estão as Filipinas e depois vem o Vietname.

 

O sector dos hotéis e restaurantes continua a ser o que mais absorve mão-de-obra importada, seguido da área da construção.