Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Metro: Consulasia vai rever projecto do parque de materiais
Segunda, 14/12/2015

A empresa Consulasia vai ser a responsável pela revisão e ajustamento do projecto do parque de materiais e oficina do metro. A celebração do contrato com a consultora é aprovada hoje em Boletim Oficial, assim como alterações ao contrato para as carruagens.

 

O contrato com a Consulasia vai custar 34,9 milhões de patacas. Mais de 13,9 milhões dizem respeito ainda a este ano, sendo que a última tranche, de quase 3,5 milhões de patacas, vai ser entregue pelo Governo em 2019.

 

A Consulasia foi estabelecida em Macau em 2002 e tem trabalhado em vários projectos públicos de grande dimensão no território. A empresa faz parte do grupo português Consulgal que, em 2008, concorreu à construção da primeira fase do metro ligeiro de Macau em parceria com a MTR, a proprietária do metropolitano de Hong Kong.

 

O parque de materiais e a oficina do metro ligeiro têm dado dores de cabeça ao Governo e vai haver uma nova empresa de construção. No segundo semestre do próximo ano o Executivo vai abrir um novo concurso para a construção destas infra-estruturas.

 

Também hoje, no Boletim Oficial, é alterado o escalonamento fixado para o contrato com a Mitsubishi para a aquisição de comboios adicionais: mantém-se o montante global inicial de mais de 822 milhões de patacas, dinheiro que vai ser pago em várias tranches, até 2027.