Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (sexta-feira)
Sexta, 11/12/2015

As declarações de Raimundo do Rosário na Assembleia Legislativa estão em foco em vários jornais locais. Já a imprensa de Hong Kong fala na caça ao homem que está a ser levada a cabo depois da explosão de uma bomba artesanal nas imediações do Conselho Legislativo.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

 

Tanto o Ou Mun como o Va Kio dão destaque ao debate de ontem na Assembleia Legislativa, com a presença do secretário para os Transportes e Obras Públicas, e o pedido de vários deputados para que seja revista a lei de terras.

 

Canal chinês da Rádio Macau

 

A Ou Mun Tin Toi tem estado esta manhã a dar conta de uma interpelação da deputada Kwan Tsui Hang, que defende um sistema centralizado para a compra de equipamentos por parte das diferentes forças de segurança de Macau. Do alinhamento da emissora fazem também parte as estatísticas relativas aos empréstimos hipotecários – os números de Outubro deste ano foram divulgados hoje.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

 

O Jornal Tribuna de Macau escreve nas gordas “Pontos de interrogação nas grandes obras” – “Raimundo do Rosário evita promessas sobre calendários de conclusão”. No destaque fotográfico, o programa “Passo a Passo”: “Média de um turista por viagem”.

 

O Hoje Macau publica uma entrevista a António Félix Pontes, que considera que “Macau já deveria ter um sistema de Segurança Social obrigatório para o sector privado”. A manchete é dedicada aos galgos – cães da Austrália entram ilegais na RAEM: “Bem-vindos ao matadouro”.

 

Quanto ao Ponto Final, elege para tema principal da edição os direitos humanos: “A nódoa do tráfico persiste”. Nota também para as Linhas de Acção Governativa: “Lei de Terras gera consenso entre deputados”.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

 

O Business Daily publica uma fotografia na capa do secretário para os Transportes e Obras Públicas: Raimundo do Rosário insiste na ideia de que não existe uma solução para o caso Pearl Horizon e quem de cumprir a lei. Referência também para a subida de Macau no ranking das cidades mais caras para expatriados da Ásia-Pacífico.

 

Quanto ao Macau Daily Times, conta nas parangonas que Macau está mais caro para os expatriados e para a construção. No destaque com imagem, referência às declarações de ontem do secretário para os Transportes e Obras Públicas, que diz que não existe em Macau o hábito de planear.

 

Já o Macau Post Daily cita Raimundo do Rosário para escrever nas gordas que o número de rotas dos shuttle bus dos casinos “não é normal”. Noutro texto a merecer publicação na primeira página, a vencedora do Nobel da Medicina de 2015: Tu Youyou foi receber a distinção a Estocolmo.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

 

Em foco no China Daily está o regresso à China de centenas de fugitivos: mais de 700 suspeitos de envolvimento em crimes económicos foram repatriados desde Abril para serem julgados. Nota também para a caça ao homem em Hong Kong, depois da explosão de um engenho artesanal perto do Conselho Legislativo.

 

Este é, de resto, o tema central da edição de hoje do South China Morning Post: a polícia anda à procura de dois suspeitos. Noutro texto, a mudança de casa do presidente do município de Pequim, que vai ter de sair de um complexo perto da Cidade Proibida.

 

Por último, o Standard, que tem como notícia principal da edição de hoje um caso de polícia que envolve a utilização de cartões Octopus de idosos. O condutor de um autocarro é acusado de uma burla no valor de 150 mil dólares de Hong Kong.