Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Sida já matou 43 residentes
Quinta, 10/12/2015

Quarenta e três residentes de Macau faleceram devido a complicações causadas pelo VIH (Vírus da Imunodeficiência Humana). De acordo com dados avançados hoje pela Comissão de Luta Contra a Sida, no cômputo geral, até Outubro, foram registados 600 casos de infecção no território - 217 dos quais relacionados com locais.

 

Apenas em relação a este ano, o secretário-geral da comissão, Lam Chong, adiantou que foram declarados 31 novos casos de Sida em Macau. “Segundo dados dos Serviços de Saúde, desde Janeiro a Outubro deste ano, houve 31 novos casos – 19 de residentes e 12 de não residentes. A principal via de transmissão consistiu no acto sexual e outra das vias é a partilha de seringas, como instrumento de consumo de droga”.

 

Lam Chong sublinha a redução no número de casos de infecção pelo VIH, face aos 12 meses do ano passado. “No ano passado, foram verificados 48 casos e este ano, até Outubro, 31. Ainda não acabou o ano, mas acho que não vai ultrapassar o número do ano passado”.

 

No âmbito da prevenção, a Comissão de Luta contra a Sida dará prioridade, em 2016, ao desenvolvimento dos trabalhos para a criação de uma base de dados, “com o objectivo de dar um melhor acompanhamento às pessoas infectadas”. Outro trabalho prioritário passa pela promoção de testes de sangue regulares. 

 

Além disso, como os toxicodependentes são um grupo de risco por causa da partilha de seringas, a comissão anunciou ainda que entrará em funcionamento neste mês uma nova unidade para tratamento com metadona, no Centro de Saúde de Nossa Senhora do Carmo, na Taipa.