Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Metro: Carruagens podem chegar aos 700 milhões
Quarta, 09/12/2015

O Governo quer avançar no próximo ano com uma lei-quadro dos transportes públicos, mas a promessa parece não bastar para vários deputados que hoje manifestaram preocupações em relação ao trânsito e à mobilidade da população do território durante o primeiro debate sectorial dos Transportes e Obras Públicas das Linhas de Acção Governativa para 2016.

 

Os autocarros são motivo de apreensão, assim como o metro ligeiro. Raimundo do Rosário conta ter a linha da Taipa pronta em 2019. O deputado Zheng Anting pediu detalhes sobre as carruagens, que estão no Japão à espera de poderem vir para Macau.

 

“Como não reunimos condições neste momento para enviar essas carruagens para Macau, já negociámos com o fabricante sobre a produção para o futuro e pedimos que prestem serviços de manutenção. Devido à necessidade de ajustamentos ou até alterações, todos os atrasos, armazenamento, etc., negociámos com a Mitsubishi no sentido de ajustar o preço, que pode atingir os 700 milhões”, respondeu o coordenador do Gabinete para as Infra-estruturas de Transportes, Ho Cheong Kei.

 

Ainda sobre os transportes públicos, Raimundo do Rosário colocou a possibilidade de se diminuírem o número de paragens de autocarros que, neste momento, são mais de 400. A hipótese vai ser abordada com as operadoras.

 

Para o ano, vai ser feita uma experiência com um corredor destinado aos autocarros, em certas horas do dia, na zona do Porto Interior. O deputado Au Kam é do entendimento que devem ser mais as vias reservadas apenas aos transportes públicos.