Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Macau e Lisboa querem aprofundar cooperação
Quinta, 07/04/2011
Macau e Lisboa querem criar um mecanismo para facilitar o estabelecimento de empresas, na RAEM e em Portugal, posição assumida pelos membros da comissão mista que ontem, 6 de Abril, se reuniu no território.

A ideia, explica um comunicado conjunto divulgado pelo Gabinete do Chefe do Executivo, é fomentar o investimento bilateral e reforçar a cooperação no domínio das energias renováveis. Para o efeito, Portugal e Macau pretendem, até 2013, desenvolver canais para “garantir uma troca de informação mais regular e expedita sobre oportunidades de negócio”.

O comunicado revela ainda que foram “examinadas também, de modo mais geral, as possibilidades de cooperação futura no domínio aeroportuário”, e ainda no desenvolvimento de projectos conjuntos na área da reabilitação urbana.

A área da educação e da formação é tambem um dos pontos chave da cooperação bilateral. Macau e Portugal vão estudar um “sistema de reconhecimento mútuo de habilitações” académicas e dar continuidade à formação de altos cargos da Administração Pública. A próxima reunião da comissão mista terá lugar em Portugal, em 2013.