Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (Sexta-feira)
Sexta, 04/12/2015

A imprensa portuguesa atribui os maiores destaques das primeiras páginas à apresentação das propostas de governo para 2016, em matéria de assuntos sociais e cultura, e à prioridade do secretário Tam para as questões da saúde.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

O Ou Mun puxa para a primeira página foto de nove adolescentes de Macau encapuçados, na Polícia Judiciária, detido pelo assalto a uma joalharia no valor de um milhão de patacas.

 

O Va Kio mostra o Chefe do Executivo com o secretário da Economia de visita ao Pavilhão de Qianhai e ao Centro de Jovens Empresários e Inovação de Qianhai de Shenzhen. 

 

Canal chinês da Rádio Macau

O Ou Mun Tin Toi tem estado a falar ao longo da manhã da passagem de Alexis Tam pela Assembleia Legislativa na apresentação do programa de governo para 2016 e a prioridade às questões da Saúde.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

No Jornal Tribuna de Macau manchete dedicada às Linhas de Acção Governativa. “Alexis Tam elege Saúde como a prioridade das prioridades”, para 2016. O jornal adianta ainda que o sobrinho de Stanley Ho vai começar a ser julgado em Janeiro acusado de gerir uma rede de prostituição que actuava no Hotel Lisboa.

O Hoje Macau destaca uma entrevista a Andy Chan, psicólogo e investigador. “Queda das receitas do jogo pode afectar saúde mental dos cidadãos”. O jornal atribui grande espaço ainda à exposição de Manuel Cargaleiro, este mês, na Fundação Oriente.

Quanto ao Ponto Final, “Prioridade assim não há” diz a manchete sobre as prioridades de Alexis Tam para a Saúde em 2016. Em rodapé, o jornal refere “o mundo de cervejas para descobrir em Macau”.

O semanário católico O Clarim diz que “Portugal chama magistrado” mas deixa grande atenção à cimeira de Paris e daí o título “Ecologia Humana”.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

No Macau Daily Times, a manchete fala do problema dos junkets com os devedores da China continental. Já em rodapé surge a declaração de Alexis Tam na Assembleia Legislativa: “A saúde para mim é a prioridade das prioridades”.

No Macau Post, tambem lá está Alexis Tam, que, diz a manchete, “anuncia ideias frescas para impulsionar turismo e lazer”. O jornal diz ainda que o “mercado global de smartphones está a contrair”.

Também no Business Daily a foto do secretário dos Assuntos Sociais. “Tam a bordo”, é o titulo gordo. Uma mão cheia de iniciativas, barcos de lazer da península à Taipa e a Coloane, diversificar os produtos de turismo, reconversão do Museu do Grande Prémio, esplanadas e restaurantes nas Casas Museu da Taipa e um novo museu. O jornal fala ainda de legislação de controlo do aumento das rendas de casa. “Lei de inesperadas consequências”, diz o jornal.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

O South China Morning Post publica uma fotografia do julgamento do ex-atleta olímpico Oscar Pistorius considerado culpado na morte da ex-namorada. A grande manchete é feita de economia: “Hong Kong prestes a ultrapassar Nova Iorque no mercado de OPV”, operações públicas de venda.

No China Daily, Li Keqiang quer esforço nacional para actualizar capacidade produtiva da China. O jornal dá ainda destaque, com foto, às operações de vigilância na Califórnia depois do tiroteio em San Bernardino.

O The Standard tem a primeira página feita de publicidade. A primeira notícia da edição remete para o tiroteio numa instituição social, na Califórnia.