Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (quinta-feira)
Quinta, 19/11/2015

No dia em que começa a 62ª edição do Grande Prémio de Macau, o evento está em foco nos jornais locais, mas muitas das manchetes são dedicadas às Linhas de Acção Governativa.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

 

O Ou Mun ocupa grande parte da capa com a sessão de perguntas e respostas que aconteceu ontem na Assembleia Legislativa, no âmbito das Linhas de Acção Governativa para o próximo ano. Das declarações do Chefe do Executivo, o jornal destaca as ideias deixadas acerca da recuperação de terrenos, o controlo da poluição da água e a construção da quarta ligação entre Macau e a Taipa.

 

O Va Kio também olha com atenção para o debate de ontem – em foco, as mensagens de Chui Sai On sobre o desenvolvimento económico.

 

Canal chinês da Rádio Macau

 

A Ou Mun Tin Toi tem estado esta manhã a acompanhar os primeiros treinos livres do Grande Prémio de Macau. A emissora tem também estado atenta aos problemas que se verificam no trânsito por causa do evento desportivo.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

 

O Jornal Tribuna de Macau escreve na manchete que “Governo garante à ONU ‘completa protecção’ dos direitos humanos”. Com direito a fotografia na capa, “Craques e alunos ‘brincaram ao râguebi” – a selecção portuguesa visitou a EPM.

 

“Atrás da cortina”, lê-se no Hoje Macau, a propósito das queixas de abusos e tortura que chegam às Nações Unidas. No destaque com imagem, os macaenses: “A identidade em risco”.

 

Quanto ao Ponto Final, elege para tema principal da edição as LAG 2016, com o título “Palavra de Chefe”. Noutro destaque, o festival OFF/SITE: “O corpo como instrumento”.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

 

O Business Daily destaca as declarações de Chui Sai On ontem, na Assembleia Legislativa, acerca das metas fiscais definidas para o próximo ano. O económico dá conta dos resultados do Hotel Emperor, salvo pela lealdade dos jogadores VIP.

 

Quanto ao Macau Daily Times, puxa para a manchete pelo caso Ng Lap Seng: “Escândalo de corrupção nas Nações Unidas leva a cancelamento de fórum global”. No destaque fotográfico, “Dois mortos em raide que visavam o cérebro dos ataques de Paris”.

 

Já o Macau Post Daily refere que Chui Sai On prometeu estudar a possibilidade de serem lançados vales de compras para estimular o consumo interno. Noutro texto, as expectativas da directora dos Serviços de Turismo, que acredita que o número de visitantes de 2015 será semelhante ao do ano passado.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

 

Em foco no China Daily está a promessa de Xi Jinping deixada no encontro da APEC, a Cooperação Económica Ásia-Pacífico: o Presidente chinês diz que o país vai abrir mais as portas ao investimento estrangeiro. Noutra chamada, o planalto do Tibete, que está a ficar “mais verde”.

 

O South China Morning Post dá destaque às mais de cem escolas que estão abandonadas em Hong Kong, um território que se debate com a falta de terrenos. No destaque com fotografia, o jornal escreve que dois suspeitos de terrorismo foram mortos em raide massivo em Paris.

 

O Standard tem como tema principal da edição de hoje os resíduos: o número de sacos de plástico que estão a ser deitados fora é três vezes superior ao número declarado pelo sector de vendas a retalho, obrigado a vender cada saco a 50 cêntimos.