Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Casos de violência doméstica aumentaram 19 por cento em 2014
Quarta, 18/11/2015

As autoridades receberam 353 casos de violência doméstica em 2014, mais 19,2 por cento do que em 2013, havendo 15 vítimas com menos de 15 anos de idade, mais sete do que no ano anterior.

 

Estes dados foram facultados pelo Gabinete Coordenador de Segurança de Macau ao Comité contra a Tortura da Organização das Nações Unidas.

 

Segundo os mesmos dados, chamados à atenção pela agência Lusa, do total de 353 casos de violência doméstica que chegaram às autoridades de Macau no ano passado, mais de dois terços (241 ou 68,2 por cento) dizem respeito a abusos perpetrados no seio de um casal, a maioria dos quais cometidos contra mulheres: 229, contra 186 em 2013, ou seja, mais 19,2 por cento.

 

Já o número de vítimas do sexo masculino diminuiu de 17 para 11 em termos anuais.

 

Casos implicando outros membros da família subiram de 93 em 2013 para 112 em 2014, de acordo com os mesmos dados.

 

Das 90 vítimas envolvidas, 15 tinham menos de 15 anos de idade, mais sete do que as sinalizadas pelas autoridades em 2013.

 

Actualmente encontra-se sob análise em sede de comissão, na Assembleia Legislativa, uma proposta de lei de prevenção da violência doméstica, estabelecendo a distinção entre ofensas leves e graves – as primeiras consideradas crime semipúblico e, portanto, dependentes de queixa da vítima, e as segundas como crime público.