Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

LAG 2016: Aumentos nos apoios para idosos e deficientes
Terça, 17/11/2015

Chui Sai On anunciou hoje o reforço dos subsídios para os idosos no próximo ano. Durante a apresentação das Linhas de Acção Governativa para 2016, o Chefe do Executivo destacou a importância do papel social da população mais velha do território, recordando que a pensão para os idosos já foi actualizada para 3300 patacas. “Propomo-nos elevar no próximo ano o subsídio para idosos de 7500 para oito mil patacas”, disse.

 

O líder do Governo explicou ainda que vai ser revisto em alta do valor do índice mínimo de subsistência: a actualização acontece em Janeiro, passando das 3920 para as 4050 patacas. As famílias que recebem apoio financeiro “vão ter uma prestação adicional única de valor correspondente ao montante total do subsídio”.

 

Quanto aos apoios para os residentes com invalidez, “o subsídio normal vai subir de 7500 para oito mil patacas e o valor do subsídio especial de 15 mil patacas para 16 mil”. O subsídio provisório de invalidez vai ser mantido – e o Governo vai equacionar transformar este apoio numa medida de carácter permanente.

 

No que toca aos deficientes, as empresas que dêem trabalho a portadores de deficiências vão ter benefícios fiscais e vai ainda ser estudado um subsídio complementar aos rendimentos do trabalho aos deficientes que sejam trabalhadores por conta de outrem.

 

Na área da educação e formação profissional, mantém-se o programa de desenvolvimento e aperfeiçoamento contínuo, com a atribuição de seis mil patacas por pessoa, bem como um leque de subsídios para os estudantes do território.

 

Em apoios sociais e subsídios, o Governo vai gastar no próximo ano 11,7 milhões de patacas.