Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Jackson Chang: economia cresce depressa demais para PME
Segunda, 17/10/2011
A economia de Macau está a crescer depressa demais para as pequenas e médias empresas (PME). Quem o reconhece é o presidente do Instituto para a Promoção do Comércio e Investimento de Macau (IPIM).

Em entrevista ao jornal Macau Daily Times, Jackson Chang admite que a escassez de recursos humanos é um problema também para as grandes empresas, mas entende que, no caso das PME, uma das soluções pode passar pela procura de oportunidades fora de Macau - como representantes de produtos dos países de língua portuguesa no Interior da China, por exemplo.

Ainda a pensar nas pequenas e médias empresas, o presidente do IPIM disse ainda que o Governo está a ponderar atribuir subsídios às PME, para ajudá-las a investir na Ilha da Montanha.