Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

CEM não espera alterações ao subsídio de 200 patacas
Sexta, 13/11/2015

A CEM acredita que o Governo deve manter inalterado o subsídio de 200 patacas nas contas da electricidade. Isso mesmo disse, esta manhã, o assessor da Comissão Executiva da Companhia de Eletricidade de Macau, Iun Iok Meng.

 

Citado pela Rádio Macau em língua chinesa, Iun Iok Meng disse que não recebeu nenhum aviso de reajuste por parte do Executivo. Desde 2008 que o Governo implementa o Programa de Subsídio à Electricidade’, através do qual são atribuídos subsídios aos lares para pagarem a sua factura de electricidade, ao abrigo do qual são deduzidas 200 patacas da factura mensal de cada unidade residencial.

 

Iun Iok Meng falou também sobre a reversão do terreno na Rua dos Pescadores onde se encontra a Central Termoeléctrica de Macau pertencente à CEM.

 

O responsável disse que já começou a ser feita a avaliação do impacto ambiental sobre a relocalização dos geradores.

 

Segundo afirmou o Executivo no mês passado, as mil fracções de habitação pública projectadas para o local só poderão começar a ser construídas depois de feito um estudo ao impacto ambiental.