Em destaque

18 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20602 patacas e 1.1314 dólares norte-americanos.

Saúde: Contas do São Januário reveladas para a semana
Sexta, 13/11/2015

O director dos Serviços de Saúde tem de explicar, na próxima semana, como é feito o orçamento do hospital Conde São Januário – quem o diz é Alexis Tam. O secretário para os Assuntos Sociais e Cultura e Lei Chin Ion foram confrontados ontem, durante uma conferência de imprensa, com o facto de os Serviços de Saúde não divulgarem as contas do hospital. Lei Chin Ion diz que é uma contabilidade difícil de fazer porque as despesas e as receitas são tratadas de forma conjunta dentro das várias unidades dependentes dos Serviços de Saúde.

 

Lei Chin Ion admite que esta situação pode levar a mal-entendidos. Mas, sublinhou, até agora não foi possível fazer mais do que “uma estatística muito básica”. Ainda assim, o director dos Serviços de Saúde garante que a fiscalização feita é rigorosa. Perante a insistência dos jornalistas sobre a inexistência de contas específicas do São Januário, Alexis Tam deu indicações a Lei Chin Ion para que o assunto seja esclarecido na próxima semana.

 

Alexis Tam teve ainda tempo para um balanço sobre o trabalho que está a ser feito pelos Serviços de Saúde. Depois de, no início do ano, o secretário ter sido muito crítico em relação ao que encontrou, agora mostra-se satisfeito com o que diz serem os progressos alcançados.

 

Alexis Tam explicou ainda que, ao longo do ano, foram iniciados e concluídos 48 procedimentos administrativos para o recrutamento de trabalhadores. O secretário tinha prometido 529 novos funcionários para as diversas áreas. Acabaram por ser contratados 591 novos trabalhadores – a maioria já assumiu funções e os restantes estão prestes a fazê-lo. O governante acredita que os recursos humanos nesta área vão ser suficientes.