Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Caso Ao Man Long: Governo inglês devolve 350 milhões
Terça, 03/11/2015

Macau e o Reino Unido assinaram hoje um certificado de restituição à Região Administrativa Especial de Macau dos bens ilícitos do caso de Ao Man Long. A representar os respectivos Governos estiveram a secretária para a Administração e Justiça, Sónia Chan, e a consulesa-geral britânica, Caroline Elizabeth Wilson. Serão restituídos aos cofres locais o equivalente a 350 milhões de patacas.

 

Em causa estão bens no Reino Unido de Ao Man Long e da esposa, Camila Chan, que tinham sido considerados ilícitos pelo Tribunal de Última Instância: 275 milhões de patacas em contas no British Bank e ainda um apartamento avaliado em mais de 60 milhões.

 

Macau pediu a cooperação do Reino unido ainda em 2010 e a demora é justificada como o facto de ser um caso “complicado e moroso”. Posto isto, o Governo de Macau indica ter já recuperado a maioria dos bens de Ao Man Long no exterior.

 

O antigo secretário foi detido em 2006 e cumpre uma pena de 29 anos de prisão por corrupção.