Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Governo prepara-se para regulamentar transplante de órgãos
Terça, 03/11/2015

O director dos Serviços de Saúde admite a regulação do transplante e registo de órgãos. Segundo Lei Chin Ion, a matéria continuará a ser discutida no seio da Comissão de Ética para as Ciências da Vida, depois de, na semana passada, os membros terem chegado a um consenso sobre a definição de morte cerebral.

 

Esta é uma matéria sensível para a comunidade chinesa e Lei Chin Ion destaca ser necessária “cautela” na sua regulamentação. “Sabemos que o transplante de órgãos tem de ser um regime muito bem formulado, muito bem apresentado para regularizar todas as situações a fim de evitar o aparecimento de irregularidades. Por isso, temos de ter muita cautela e prudência na sua elaboração”, sustentou, sem avançar qualquer calendário, durante uma conferência de imprensa que se seguiu à 14ª reunião conjunta das cúpulas da administração de Saúde da China, Hong Kong e Macau.

 

O director dos Serviços de Saúde recordou que o primeiro passo já foi dado, quando foram definidos os critérios para a definição de morte cerebral. “Já conseguimos um consenso e vamos agora preparar um projecto para que os serviços jurídicos façam o diploma legal”.