Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (sexta-feira)
Sexta, 30/10/2015

Uber em Macau e os primeiros motoristas multados, o fim da política do filho único na China – são alguns dos temas que fazem as primeiras páginas dos jornais de hoje.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

 

O Ou Mun ocupa a primeira página com o caso de dois motoristas do serviço Uber que foram multados pela polícia e com as reacções a esta plataforma que entrou recentemente em Macau.

 

O Va Kio traz o mesmo assunto na capa, com destaque para as declarações do secretário para a Segurança sobre a ilegalidade do serviço.

 

Canal chinês da Rádio Macau

 

A Ou Mun Tin Toi tem estado esta manhã a dar conta do número de fracções transaccionadas no mês passado: registou-se um aumento superior a cinco por cento quando comparando com Agosto. Outro tema do notíciario da emissora: os Serviços de Saúde insistem nos malefícios dos cigarros electrónicos e dizem que têm os mesmos riscos do tabaco convencional.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

 

O Jornal Tribuna de Macau tem hoje uma edição especial – comemora 33 anos e escreve na capa que é “um jornal com História”. Quanto a notícias, destaque para o facto de a China ter abolido a política de filho único e para Paulo Martins Chan, que “vai liderar Direcção da Inspecção de Jogos”.

 

“Uber ala!”, lê-se no Hoje Macau: “Taxistas rejeitam concorrência, residentes querem alternativa”. Nota também para os autocarros: “Motoristas em fim de carreira”.

 

Os transportes públicos também estão em foco no Ponto Final – “Quando a arte do volante não convence”. Noutras chamadas à primeira página, “Portugueses em regressão” e “ Ka I é o novo campeão na ‘Bolinha’”.

 

No semanário O Clarim, em grande plano a XIV assembleia geral ordinária do sínodo dos bispos: “Pela Família”. O jornal católico publica uma entrevista a José Barbosa, director executivo da Famasete, “entre Silicon Valley e a MIF 2015” – “Crise travou evolução tecnológica”.

 

“Aposta na qualidade”, escreve o Plataforma Macau, acerca do “novo paradigma chinês de produção”.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

 

O Business Daily conta que a Uber está “surpreendida e desiludida” com Macau, depois de dois motoristas do serviço terem sido multados em 30 mil patacas. O económico fala também hoje da saída de Manuel das Neves da Direcção de Inspecção e Coordenação de Jogos”.

 

Quanto ao Macau Daily Times, puxa para manchete pelo fim da política de filho único na China. No destaque fotográfico vêem-se duas lanchas da polícia, que “apanham mais pessoas a tentarem atravessar a fronteira ilegalmente”.

 

Já o Macau Post Daily ocupa grande parte da primeira página com as multas aplicadas pela polícia a dois condutores do serviço Uber. O jornal reserva também espaço para o discurso feito pelo novo Comissário do Ministério dos Negócios Estrangeiros em Macau.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

 

O China Daily dá grande destaque ao facto de os casais poderem ter dois filhos a partir de agora – uma decisão histórica do Partido Comunista Chinês. Na fotolegenda, o encontro entre a chanceler alemã Angela Merkel e o Presidente Xi Jinping. Referência também para a aquisição de 130 Airbus: a China vai pagar 17 mil milhões de yuan.

 

No South China Morning Post em foco está também o fim da política do filho único na China. Noutro texto, as conversações entre Pequim e Washington acerca da navegação nas imediações das ilhas Spratly.

 

O Standard também tem como notícia principal da edição de hoje o fim da política do filho único. O matutino destaca ainda as declarações de Li Keqiang, que diz que a China tem de manter a taxa de crescimento da economia em 6,53 por cento durante os próximos cinco anos.