Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

APOMAC pede actualização no sistema de pensões
Terça, 27/10/2015

A Associação dos Aposentados, Reformados e Pensionistas de Macau (APOMAC) reuniu-se, esta manhã, com o Chefe do Executivo. O encontro serviu de preparação das Linhas de Acção Governativa e teve como principal tema o sistema de pensões.

 

“O sistema de cálculo para a respectiva pensão de sobrevivência está muito antiquado, é retrógrado. Portugal já revogou o diploma por duas vezes e nós estamos com o mesmo há mais de 40 anos. Como esteve presente a senhora secretária para a Administração e Justiça, fiz ver que não é difícil alterar a legislação. Portanto, podemos seguir o exemplo de Portugal e limar algumas arestas”, refere o presidente da assembleia-geral da APOMAC, Jorge Fão.

 

Um caso concreto que deve ser alterado verifica-se nas pensões de viuvez. “Acho que deve ser superior a metade da pensão do falecido ou da falecida”, defende o responsável.

 

Jorge Fão argumenta ainda que é preciso aumentar o valor das pensões. “Quando houver lugar a actualização salarial [na Função Pública], não podem esquecer o pessoal aposentado. Não é só o pessoal activo que deve merecer”, lembra o dirigente da APOMAC, antes de precisar que os ajustes devem ser feitos “em função da inflação”.

 

De Chui Sai On ficou apenas uma garantia. Jorge Fão diz que o Chefe do Executivo prometeu “não cortar” nos actuais subsídios de apoio aos idosos e também das associações.