Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Habitação: Novo Macau quer calendário e nova atribuição
Segunda, 26/10/2015

A Associação Novo Macau foi à Assembleia Legislativa entregar uma petição com 1700 assinaturas na qual se reivindica um calendário para a recuperação de terrenos e a construção de mais habitação pública, bem como um novo sistema de atribuição de casas, que em vez do actual sorteio utilize um esquema baseado na pontuação.

 

Em declarações aos jornalistas, Scott Chiang, presidente da Novo Macau, defendeu as virtudes do sistema de pontuação lembrando que no último sorteio houve “42 mil candidatos a 1900 fracções, o que é injusto e completamente ridículo”.

 

Segundo Chiang, “num sistema de pontuação, os candidatos podem ser classificados por prioridade”.

 

A Associação Novo Macau exige, ainda, um roteiro para a oferta de terrenos e para a construção de habitação pública, de modo a que “a população saiba com o que pode contar”.