Em destaque

22 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Chui promete “prioridade à construção de habitação pública”
Terça, 20/10/2015

O Chefe do Executivo, Chui Sai On, garante que o Governo está à procura de terrenos, nomeadamente alguns “desaproveitados”, que possam vir a ser recuperados através de acções judiciais, e que será prioritário direccioná-los para habitação pública.

 

Em declarações aos jornalistas, ontem, Chui Sai On defendeu que tem dada grande importância e atenção às reivindicações da população sobre as políticas de habitação pública.

 

No domingo, cerca de 1500 pessoas, segundo a organização, manifestaram-se contra a actual política para a habitação. De acordo com um comunicado do Gabinete de Comunicação Social em que surgem transcritas as respostas do Chefe do Executivo, Chui Sai On disse compreender as exigências da população, indicando que o Governo está a trabalhar para reforçar a construção de habitação pública.

 

O líder do Governo lembrou que está previsto oferecer 28.000 fracções de habitação pública na zona A dos novos aterros.

 

Chui Sai On referiu ainda que se o Governo ganhar as acções judiciais que envolvem a questão dos terrenos “desaproveitados”, irá dar prioridade à construção de habitação pública. Porém, as acções judiciais ainda estão a decorrer, “pelo que não nos podemos pronunciar, se o Governo ganhar o processo, então o serviço competente irá publicar a informação”.

 

Nestas declarações, Chui Sai On adiantou também que o Governo vai rever a legislações sobre habitação económica e social. Neste sentido, serão tidas em conta “as necessidades reais dos mais de 40 mil candidatos à habitação económica”.

 

Relativamente ao reaproveitamento do antigo Hotel Estoril, Chui Sai On relembrou que as ideias foram apresentadas nas Linhas de Acção Governativa para as áreas dos Assuntos Sociais e Cultura, sendo um projecto de interesse público e não um caso pessoal.