Em destaque

22 de Março 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.2311 patacas e 1.1378 dólares norte-americanos.

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (Terça-feira)
Terça, 20/10/2015

A presença de Durão Barroso em Macau, a contestação em volta da habitação pública e as críticas de Pereira Coutinho ao presidente da Assembleia Legislativa atravessam as primeiras páginas da imprensa em língua portuguesa.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

O Ou Mun atribui grande destaque, na primeira página, à detenção pela Policía Judiciária de quatro indivíduos suspeitos de fazerem entrar, ilegalmente, em Macau, residentes do continente. 

 

O Va Kio fala de habitação pública referindo as declarações do Chefe do Executivo que diz compreender as preocupações da população sobre esta matéria.

 

Canal chinês da Rádio Macau

O Ou Mun Tin Toi tem estado ao longo da manhã a referir-se às declarações de Fernando Chui Sai On. O Chefe do Executivo afirmou a prioridade à habitação pública e disse que deverá existir novo concurso para atribuição de casas públicas.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

“Uma exposição dentro da exposição”, é a manchete do Ponto Final relativa à edição deste ano da Feira Internacional de Macau que arranca amanhã. É a mais lusófona de sempre e aposta mais do que nunca na promoção de serviços lusófonos. O jornal também entrevista o economista Rui Paiva que veio à RAEM e não reconheceu a Macau em que viveu na viragem para a década de noventa. 

 

No Hoje Macau “Abram alas ao lobby” é a manchete, isto a propósito da denúncia do democrata Au Kam San de alegados interesses na atribuição de habitação pública. Também, no Hoje, uma entrevista a Rui Paiva e o artigo de Boi Luxo sobre cinema africano.

 

No Jornal Tribuna de Macau “Coutinho critica presidente da AL”. A manchete remete para as declarações de Coutinho que exige a Ho Iat Seng mais sensibilidade nas referências que faz aos deputados. Ho Iat Seng afirmou que talvez Coutinho não conhecesse bem a Lei Básica. O jornal refere-se ainda ao encontro entre Durão Barroso e Chui Sai On.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

O Macau Post entrega a manchete a Kwan Tsui Hang. A deputada dos Operários insta o governo a rever a fórmula do cálculo da prémio de terras no caso da conversão residencial de edifícios industriais.

 

No Business Daily pontua na manchete o ePrix. “ePrix incendeia competição”, isto em relação à iniciativa de Hong Kong de organizar um grande prémio de veículos movidos a electricidade. Ao jornal Senna Fernandes, dos Serviços de Turismo, diz que o Grande Prémio de Macau tem a sua base de fans. O jornal faz ainda notar que os operadores de junkets pretendem criar um código ético de conduta.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

“Crescimento económico de 6,9 por cento gera incerteza” é a manchete do South China Morning Post. Em grande destaque também, com fotos, a presença em tribunal dos agentes de polícia acusados de abusos a um activista durante os protestos do Occupy do ano passado. O jornal dá conta ainda da chegada de Xi Jinping ao Reino Unido. Dez anos depois da última visita de um líder chinês ao país a relação diplomática foi completamente alterada, diz o jornal.

 

Esse é o tema que domina a primeira página do China Daily. “Reino Unido apostado em melhorar relações com a China”, diz a manchete. Ao lado surge o destque de economia. “Reequilíbrio à vista entre um cresicmento económico fraco”.

 

Quanto ao The Standard, notícia a intervenção da Polícia de Hong Kong depois de um ataque de um homem ter atacado com uma arma branca, vários transeuntes, em plena rua.