Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Zheng Anting quer restabelecer conselho consultivo do jogo
Sexta, 16/10/2015

O deputado Zheng Anting defendeu hoje, no período de antes da ordem do dia, mais fiscalização para os titulares das licenças de exploração de salas VIP e pediu que seja restabelecido o Conselho Consultivo de Jogos.

 

Na sua intervenção, Zheng Anting sugeriu que seja elevado “o patamar para a autorização da exploração de salas VIP, procedendo-se a uma verificação rigorosa dos titulares das respectivas licenças de exploração, nomeadamente, quanto aos bens que possuem, reputação e background, por forma a assegurar, a partir da fonte, o desenvolvimento saudável e a longo prazo da actividade em causa”.

 

“Em segundo lugar exigir aos promotores de jogo a utilização de um sistema de contabilidade completo e fiscalizar rigorosamente as suas actividades, a fim de elevar o respectivo grau de transparência. Para além disso, é ainda preciso colmatar as lacunas existentes, preencher as insuficiências e regular o que for necessário”, acrescentou.

 

Por fim, o deputado pediu que o restabelecimento do Conselho Consultivo de Jogos.

 

No plano económico, e numa altura de queda das receitas, Wong Kit Cheng apela ao Governo para estabeleça compromissos em relação ao bem-estar da população.

 

“As medidas de beneficência imutáveis, prometidas pelo Governo, não incluem, por exemplo, as subvenções das tarifas de autocarro e o plano de comparticipação pecuniária. Nesta conjuntura de recessão socioeconómica em que se implementam políticas de plena contenção de despesas, proponho ao Governo que estabeleça mecanismos eficientes de longo prazo para a implementação de medidas de beneficência, assumindo a promessa de não alterar nenhuma das regalias da população, garantindo e reforçando, ao máximo, a sua qualidade de vida”, defendeu.

 

Wong Kit Cheng apelou ainda à criação de indicadores de alerta para uma nova ronda de medidas de contenção.