Em destaque

22 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Aberto concurso para atribuição de licença de radiotáxis
Quarta, 14/10/2015

Foi hoje aberto o concurso público para a concessão de uma licença para a exploração de radiotáxis. Quando o processo estiver concluído, nas ruas de Macau vão circular mais cem táxis. Os interessados têm dois meses para apresentar as propostas.

 

As regras para o concurso são hoje divulgadas pelos Serviços para os Assuntos de Tráfego e a principal novidade tem que ver com as exigências feitas em relação ao tipo de veículos: a empresa que ganhar a concessão de oito anos é obrigada a ter dez táxis que permitam o acesso de pessoas com dificuldades de locomoção e outras tantas viaturas com maior volume.

 

Há também novidades em relação a alguns equipamentos: os taxímetros devem ter um sistema sonoro, bem como uma placa, acessível aos clientes, com a matrícula do veículo, em letras que possam ser descodificadas por invisuais.

 

O novo serviço funcionará essencialmente através de chamadas telefónicas, mas deve disponibilizar a marcação de serviços também através da Internet. Depois, o concessionário deve explorar outros serviços de atendimento aos clientes, como aplicações de telemóvel. A central tem de estar em funcionamento 24 horas por dia.

 

Quanto às taxas, o Governo permite que sejam cobrados três tipos diferentes: a taxa de chamada do táxi, uma taxa para marcação e outra de ausência do passageiro, um plano que poderá ser revisto dois anos depois da atribuição da concessão.

 

Estes novos táxis vão substituir os táxis amarelos, que deixaram de operar em Novembro do ano passado.