Em destaque

18 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20602 patacas e 1.1314 dólares norte-americanos.

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (quarta-feira)
Quarta, 07/10/2015

As notícias mais recentes do caso Ng Lap Seng, a Festa da Lusofonia e a reacção da China ao Acordo de Associação Transpacífico – são alguns temas em destaque nos jornais disponíveis nas bancas do território.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

 

O Ou Mun ocupa a primeira página com fotografias e textos de acidentes que aconteceram ontem em Macau: na Areia Preta, uma condutora enganou-se e trocou o travão pelo acelerador; perto do Tap Seac, outra mulher não meteu a marcha atrás, acelerou e acabou com o carro estacionado dentro de um restaurante.

 

O Va Kio também escolhe estes dois acidentes para a manchete. O jornal reserva ainda espaço para o encontro que aconteceu ontem entre o Chefe do Executivo, Chui Sai On, e o director do Gabinete para os Assuntos de Taiwan junto do Conselho de Estado, Zhang Zhijun.

 

Canal chinês da Rádio Macau

 

A Ou Mun Tin Toi tem estado esta manhã a acompanhar os últimos desenvolvimentos do caso Ng Lap Seng. Outro assunto em foco: a concessão de terras, tema que dominou o programa Macau Fórum de hoje.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

 

O Jornal Tribuna de Macau traz na manchete “Operários querem nacionalizar autocarros”. Noutro destaque, “Festival da Lusofonia finaliza preparação”, este ano “com orçamento mais baixo”.

 

“Os dados estão guardados”, lê-se no Hoje Macau, que publica um texto em que académicos criticam falta de divulgação das estatísticas. No topo da página, a lusofonia: “Virgem Suta na festa bestial”.

 

O Ponto Final escreve nas gordas “O misterioso senhor Ng”, a propósito do empresário de Macau que está detido em Nova Iorque. Nota também na capa para a Festa da Lusofonia – “O maior arraial de Macau chega à maioridade”.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

 

O Business Daily puxa para a capa pelo secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, com o título “Tam define parâmetros do turismo”. O económico faz ainda as contas aos primeiros cinco dias da Semana Dourada.

   

O Macau Daily Times tem como assunto principal da edição de hoje a detenção de ex-presidente da Assembleia Geral das Nações Unidas em esquema de corrupção de Ng Lap Seng. O matutino publica ainda a opinião de analistas que dizem que ainda não é tarde para comprar acções das empresas de Macau cotada em bolsa.

 

O Macau Post Daily ocupa grande parte da capa com o caso de corrupção que envolve o antigo presidente da Assembleia Geral das Nações Unidas. Noutro texto, o lançamento do primeiro computador portátil e do novo sistema operativo da Microsoft.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

 

Em foco no China Daily está o regresso a casa dos milhões de pessoas que aproveitaram a Semana Dourada para viajar. Mas a manchete faz-se com outro assunto: “Pequim dá as boas-vindas ao Acordo de Associação Transpacífico”.

 

O South China Morning Post dá destaque às declarações da antiga secretária para a Justiça: Elsie Leung não afasta a necessidade de se reverem as leis anticorrupção. O matutino puxa também para a primeira página pelo Acordo de Associação Transpacífico e o impacto que terá para a China.

 

Por último, o Standard, que tem como notícia principal da edição de hoje um tratamento proposto pela Faculdade de Medicina da Universidade Chinesa de Hong Kong para os doentes com infecções hospitalares. Outro assunto: a detonação de um explosivo da Segunda Guerra Mundial perto do Hospital Queen Mary.