Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Coutinho confirma pressões para não se candidatar à AR
Quarta, 30/09/2015

O candidato pelo movimento Nós, Cidadãos!” disse à Rádio Macau que foi pressionado em Lisboa para desistir da candidatura. “Logo que decidimos participar, houve de facto várias pressões de sectores importantes da vida política de Lisboa. Fiquei surpreendido. Num dos encontros em Lisboa com um responsável de um importante partido político em Lisboa, foi proposto várias vezes a desistência da candidatura”, disse.

 

Na entrevista à Rádio Macau, que vai ser repetida na quinta-feira às 17 horas, Pereira Coutinho critica o sistema eleitoral, notando que centenas de residentes ainda não receberam o voto. Pereira Coutinho defende o voto presencial. “O sistema deve ser idêntico às eleições para o Presidente da República e o Conselho das Comunidades Portuguesas”, argumenta.

 

Pereira Coutinho garante que mantém as melhores relações com José Cesário e nega qualquer negociação com o PSD ou PS: “Nunca houve negociações. Nunca tivemos iniciativa de falar e nem o PSD, nem o PS, nos abordou. É um assunto que é claro e líquido. Foi Rita Santos quem pesquisou na internet e foi o “Nós, Cidadãos!”, com quem desde logo tivemos algumas coincidências e com quem rapidamente chegamos a acordo“.

 

Pereira Coutinho não garante a eleição no próximo domingo, mas tem já uma certeza: valeu a pena a candidatura. Macau passou a estar na agenda partidária em Lisboa. “A nossa participação já levou por todos os quadrantes do mundo o nome de Macau. Penso que mais importante é as pessoas de Macau, os portugueses residentes em Macau, ver que há necessidade de participação cívica e política. Nunca dantes houve tanta gente a votar como há hoje, nas eleições para a Assembleia da República de Portugal, assim como vai acontecer para a presidência portuguesa“, justificou.

 

Pereira Coutinho diz que há deputados a mais na Assembleia da República e, relativamente a Macau, diz que em 2017 o objectivo é eleger três deputados para a Assembleia Legislativa. Pereira Coutinho confirma a candidatura de Rita Santos à AL.