Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Operação Trovoada: Aumentam casos de sequestro e usura
Quarta, 23/09/2015

Durante a Operação Trovoada de 2015 houve, em relação a anos anteriores, “um aumento dos casos sequestro e usura para jogo” mas também dos casos de droga e tráfico de estupefacientes, segundo adiantou João Rosa, adjunto do comandante geral dos Serviços de Polícia Unitários.

 

João Rosa defende, no entanto, que este aumento “não se deve à crise económica”, acrescentando que “a polícia vai estar atenta ao aumento” destes casos.

 

No âmbito da Operação Trovoada 2015 – que pela primeira vez durou três meses – foram realizadas 10.592 operações de fiscalização a diversos espaços, incluindo casinos, saunas, pensões e bares. Estiveram envolvidos 14.854 agentes policiais.

 

As autoridades de Macau detectaram ainda um caso de tráfico de pessoas, exploração de prostituição e associação criminosa, identificando onze suspeitos. O caso envolveu 18 mulheres, entre elas havia uma jovem de apenas 16 anos.

 

Segundo a Polícia Judiciária (PJ), o líder da organização estará implicado num outro caso semelhante, tendo sido enviado para a China. A PJ estima que estarão envolvidos  dez milhões de patacas.

 

As autoridades de Macau iniciaram as investigações depois de terem recebido informações do outro lado da fronteira. João Rosa entende que isso “é prova de uma colaboração estreita e de troca de informações, entre as polícias de Macau e de Guangdong, nomeadamente de Zhuhai”.

 

Durante esta operação, foram aplicadas medidas de coacção a 550 pessoas.

 

Segundo a informação disponibilizada, 65 indivíduos foram interceptados e detidos em cumprimento de mandados de detenção emitidos pelas autoridades, dos quais 22 foram entregues no Estabelecimento Prisional para cumprimento de pena.