Em destaque

22 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

DSPA garante concurso público para ETAR do parque industrial
Quarta, 16/09/2015

A Direcção dos Serviços de Protecção Ambiental (DSPA) garante que o próximo contrato para a operação e manutenção da ETAR do Parque Industrial Transfronteiriço vai ser feito a partir de um concurso público. A ideia é mudar as regras “o mais breve possível” e “seleccionar uma empresa operadora qualificada para prestar os serviços”.

 

Numa resposta escrita, a DSPA indica que está concentrada na “elaboração de documentos”. Esta fase faz parte do “trabalho preparatório” do concurso público.

 

Na segunda-feira, o consórcio Waterleau – ATAL ganhou um novo contrato, com duração até Março de 2016. No total, vai receber 3,2 milhões de patacas.

 

A DSPA justifica esta opção com o “interesse público” e a garantia de “ininterrupção da prestação dos serviços” na ETAR. Quanto ao mais recente contrato, o organismo assegura que tem as “mesmas cláusulas” do anterior.

 

Recorde-se que um dos contratos da Waterleau foi investigado no caso de corrupção do ex-secretário Ao Man Long.