Em destaque

22 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Terrenos não reavidos: CCAC finaliza investigação este ano
Terça, 08/09/2015

Até ao final do ano, o Comissariado Contra a Corrupção (CCAC) deve concluir a investigação relacionada com os 16 terrenos que o Governo alega não haver condições para reaver. A data é avançada pelo CCAC à Rádio Macau, a propósito do processo iniciado em meados de Junho face a um pedido do Chefe do Executivo.

 

Entre os terrenos não reavidos, dois situam-se no Cotai. Um deles previa a construção de um parque temático junto ao Macau Dome – um investimento dos empresários e também deputados Chan Chak Mo e Angela Leong. Outro serve agora ao desenvolvimento do empreendimento Studio City.

 

O anúncio de que um total de 16 lotes não pode ser reavido gerou polémica na Assembleia Legislativa, quando o presidente Ho Iat Seng negou um pedido de audição ao Governo feito pelos deputados Ng Kuok Cheong e Au Kam San.

 

A rádio questionou ainda o CCAC sobre outra investigação, que envolve o processo de permuta do terreno da antiga fábrica dos panchões Iec Long. Mas o comissariado diz "não ter, de momento, quaisquer informações para disponibilizar” sobre o assunto.