Em destaque

24 de Março: às 12h30, aos balcões do BNU, 1 Euro valia 8.6643 patacas e 1.0771 dólares.

Eleições em Hong Kong
Sábado, ao meio dia, fique a conhecer os três candidatos e as propostas que defendem para a região vizinha.
Sexta, 24/03/2017

Os últimos anos foram duros para as instituições externas portuguesas. Os cortes no pessoal deixaram as embaixadas e consulados com pouca gente para o muito trabalho que há, diariamente, para fazer. José Luís Carneiro, Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, de visita oficial a Macau, disse que espera iniciar em breve várias "iniciativas de modernização" dos serviços, facilitando a vida às comunidades portuguesas.

 

Há várias vagas abertas e Macau é contemplada com uma das cerca de 50 vagas para todos os funcionários.

 

José Luís Carneiro falou igualmente da questão dos salários, uma preocupação que partilha e compreende, mas esclarece que se trata de um tema delicado: "Queremos encontrar mecanismos de correcção salarial. Compreendemos que, por exemplo, para quem vive em Macau, o que oferecemos actualmente não é competitivo com o que as pessoas encontram fora do consulado. Queremos fazer uma revisão das carreira, sim. Mas apenas em 2018 iremos começar o diálogo nesse sentido."

 

Por fim, uma palavra sobre estatísticas para a obtenção do estatuto de trabalhador residente na RAEM: "Em 2013 tínhamos várias dezenas de pedidos diferidos. Em 2016 houve apenas 3. Penso que é notória a melhoria da condição dos portugueses em Macau que busca este estatuto." 

Sexta, 24/03/2017

A manifestação da Macau Power People contra a corrupção eleitoral avança, mas com limitações de espaço. O Tribunal de Última Instância (TUI) confirmou hoje a decisão do Corpo de Polícia Segurança Pública (CPSP) de limitar o protesto, previsto para as Portas do Cerco, a uma zona quatro metros quadrados.

 

Os promotores da manifestação pretendiam usar o corredor coberto para peões das Portas do Cerco, ate 31 de Marco, durante todo o dia. O CPSP determinou que o protesto fosse antes realizado noutra zona do posto fronteiriço para manter as áreas de acesso público desbloqueadas.

 

Na decisão, o TUI defende que a intervenção da polícia é legal e justifica-se devido ao alto movimento de pessoas nas Portas do Cerco.

 

No acórdão, o colectivo de juízas volta a defender que a lei das manifestações está desactualizada, alegando que “a realidade política e social mudou muito” desde 1993. 

Sexta, 24/03/2017

O trabalho do Cônsul Geral Português em Macau, Vítor Sereno, foi elogiado pelo Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas. José Luís Carneiro, de visita oficial ao território, garantiu que, de momento, o Governo "não tem outro nome" para o lugar na RAEM.

 

"Vítor Sereno tem feito um trabalho de grande qualidade. Muita proximidade com as instituições de língua portuguesa em Macau. Temos o hábito de manter o tempo das pessoas que se encontram nestes postos se não estiverem reunidas as condições para manter o nível de qualidade de trabalho", disse José Luís Carneiro.

 

O Secretário garantiu que "Vítor Sereno vai cumprir mandato" e a situação será reavaliada mais tarde.